A Intermediação de Maria Mãe dos Homens é para nos levar ao Cordeiro de Deus. 'O ROSÁRIO É A VIDA DE CRISTO CONTEMPLADA COM O OLHAR DE MARIA'

"Maria é aquela que nos acompanha na escuridão da noite até o clarear do novo dia”

Maria foi escolhida por Deus; acolheu o Anjo Gabriel e atendeu e entendeu a sua Missão. Portanto Nossa Senhora é uma MÃE QUE ACOLHE todos os filhos e se entristece quando algum Deles Caminha por lugares tortuosos, chegando a se envolver com coisas, assuntos e pessoas que não agradam a Deus.

 

Comunidade Terapêutica Mãe Que Acolhe

Especializada na recuperação de dependentes químicos do álcool e das drogas, não pode faltar o incentivo e a disciplina Espiritual da salvação da alma. E por isso que através de nossa experiência vocacional, decidimos implantar e intensificar a pratica da oração, sabemos que cada SER é unico em sua maneira de ser, agir e pensar.

Hoje sabemos que o movimento Mariano do TERÇO DOS HOMENS, tem contribuido demais neste quesito de restauração de homens e familias, e; conhecendo um pouco mais desta prática devocional resolvemos iniciar em nosso espaço, especificamente em nossa capela um "GRUPO DO TERÇO DOS HOMENS".

Varios são os testemunhos de irmãos no processo de recuperação, que abandonaram a sua FÉ e até mesmo desacreditaram de um DEUS transformador e acolhedor. O nosso grupo que podemos chamar de familia, está cada vez mais encantado e envolvido com os mistérios desta Santa Devoção. Podemos perceber nas atividades do dia a dia no rosto dos irmãos, que MARIA realmente é o caminho mais puro, doce e verdadeiro para se chegar a CRISTO. Somos o TERÇO DOS HOMENS que além da busca de nossa salvação, precisamos lutar no dia a dia contra os vicios que nos envolvem e tentam destruir nossas vidas e familias. Pedimos a todos os irmãos do TERÇO que constantemente se reunem, para rezarem por nós e por nossa recuperação.

Nos reunimos todas as Segundas-feiras as 19:00 na capela e rezamos por todos os homens do terço, traga o seu grupo para nos visitar, conhecer o nosso tratamento e partilhar conosco desta linda devoção."A MÃE QUE ACOLHE ESTÁ SEMPRE PRONTA PARA ACOLHER MAIS UM".

Com o Terço nas mãos, fé no coração e muita oração!!!

Torcemos para que você nunca precise! Mais se porventura precisar, saiba que pode contar com o nosso apoio e orientação.

***Clique no link abaixo e conheça um pouco mais de nossa história.

Todo dia Deus faz para nós verdadeiros milagres e nós os constatamos concretamente. Se não fossem esses prodígios cotidianos nós não poderíamos ir adiante, não poderíamos fazer nada”MADRE TERESA DE CALCUTÁ

Tratamento Voluntário

Quando o paciente tem consciência da necessidade de tratamento e aceita a internação por vontade própria, facilitando assim a abordagem e evolução do mesmo. Nossa Comunidade preza por essa abordagem principalmente pelo fato do próprio dependente demonstrar a força de vontade necessária para essa transformação.

Palestras e Ações Sociais

Também são realizadas palestras em escolas, sociedades civis e grupos religiosos, com a finalidade de abordar a Prevenção primária e secundária. A entidade participa como colaboradora em projetos sociais de instituições públicas e privadas que visam promover o bem-estar bio-psico-social do indivíduo, principalmente do dependente químico.

Agnes Gonxha Bojaxhiu é o nome verdadeiro de Madre Teresa  que nasceu no dia 27 de agosto de 1910 em Escópia, capital da Macedônia. Seus pais eram albaneses.

Em 1928, aos 18 anos, Madre Teresa entrou para a ordem religiosa Irmãs de Nossa Senhora de Loreto, na Irlanda. Seu nome é uma homenagem à Santa Teresa de Lisieux, popularmente conhecida no Brasil como Santa Teresinha do Menino Jesus.

O nome Teresa foi adotado em 1931, quando a madre foi para a Índia dando início à sua vida de missão humanitária.

Na Índia, Madre Teresa foi professora e onze anos após sua chegada, deixa o convento para fundar a congregação religiosa das Missionárias da Caridade. As primeiras a se juntarem a ela nesse trabalho foram suas antigas alunas.

A religiosa explica que tinha recebido o que ela denominou de um "chamado dentro do chamado". Ou seja: já tinha sido chamada à vida religiosa e agora, deveria redirecionar sua vocação para ajudar aos mais pobres e necessitados.

Assim, foi morar nas favelas indianas e a partir da década de 50 trabalha na construção de locais de acolhimento, hospitais e escolas. Dedicou sua vida aos pobres, crianças e doentes.

O principal prêmio que ela ganhou foi o Nobel da Paz, mas não foi o único.

Madre Teresa recebeu 124 honorificências durante a sua vida. Entre as principais, estão o Prêmio da Paz Papa João XXIII, entregue pelo papa Paulo VI (1971), o Prêmio Templeton (1972), o Prêmio Ceres Medal, da FAO (1976), o Prêmio Nobel da Paz (1979), o Bharat Ratna, o principal prêmio civil indiano (1980), e a Medalha Presidencial da Liberdade, dos EUA (1985)