QUARESMA: TEMPO DE DESMASCARAR TRÊS TENTAÇÕES A RIQUEZA, A VAIDADE E O ORGULHO.

23/02/2016 15:56

A riqueza, a vaidade e a pior delas, o orgulho. Até que ponto nos acostumamos a um estilo de vida que considera a riqueza, a vaidade e o orgulho como a fonte e a força de vida?

QUARESMA E A RIQUEZA - A riqueza, apropriando-nos de bens que foram dados para todos, usando-os só para mim ou para “os meus”, é conseguir o pão com o suor alheio ou até com a vida alheia. Tal riqueza é pão que tem gosto de tristeza, de amargura e de sofrimento. Em uma família ou em uma sociedade corrupta, é o pão que se dá aos próprios filhos.

QUARESMA E A VAIDADE - A vaidade é a busca de prestígio baseada na desqualificação contínua e constante daqueles que “não são ninguém”. A busca exacerbada daqueles cinco minutos de fama que não perdoa a “fama” dos outros. E, “alegrando-se com a desgraça alheia”, abre-se caminho à pior tentação: O orgulho.

QUARESMA E O ORGULHO - O orgulho, ou seja, colocar-se em um plano de superioridade de qualquer tipo, sentindo que não se partilha “a vida comum dos mortais” e rezando todos os dias: “Obrigado, Senhor, porque não me fizestes como eles; é a pior das tentações”.

Jesus é bem objetivo, manda observar o que os mestres da Lei e os fariseus dizem, pois conhecem bem as coisas. Mas, atenção! Que não os imitemos, pois não são coerentes.

REFLITAMOS NESTA QUESTÃO: - Dou credibilidade às minhas palavras através de minhas atitudes? - Procuro reconhecer meus erros, minhas falhas, ou tomo atitude arrogante achando que estou sempre com a razão em tudo?

 Comente a expressão: "Faça o que eu digo, mas não faça o que eu faço”.

(Papa Francisco, no México, em 14/Fevereiro/2016).


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!